Vacina indiana para clínicas particulares

Uma nova vacina pode entrar no rol de imunizantes contra a covid-19 no Brasil pelas mãos do setor privado. A Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech, está sendo negociada pela Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVac), que pretende adotá-la em clínicas particulares a partir de março.

Ao contrário das vacinas da Oxford/AstraZeneca e da Coronav/Butantan, que fazem parte do plano federal e do estado de São Paulo de imunização, respectivamente, o uso da Covaxin é uma iniciativa exclusivamente privada. A ABCVac já negocia a compra de 5 milhões de doses. 

A Covaxin foi aprovada para uso emergencial na Índia, mas ainda está na fase 3 dos testes. De acordo com a Anvisa, nada impede que um laboratório particular apresente um pedido para vender sua vacina, seja emergencial ou definitivo, mas que deverá ocorrer apenas após a conclusão da fase 3.