Vacina da Johnson alcança 66% de eficácia

A Johnson anunciou eficácia de 66% para sua vacina contra casos moderados e graves da covid-19. Em casos graves, a proteção foi de 85%. O imunizante também teve resposta positiva contra a variante da África do Sul, considerada mais contagiosa. A vacina da Johnson é a única em etapa avançada de testes com apenas uma dose. Os resultados não foram publicados em revista científica

Como foi testada no Brasil, a empresa pode entrar com o pedido de uso emergencial na Anvisa, que determinou que só podem ser liberadas para uso emergencial as vacinas testadas em voluntários brasileiros. A Johnson ainda não realizou o pedido. Até agora, apenas as vacinas de Oxford e a CoronaVac foram aprovadas no país.