Startups em alta também em 2021

As startups brasileiras encerraram 2020 com recorde de aportes, avanços regulatórios e novos unicórnios, empresas de valor superior a US$ 1 bilhão. Foram mais de 140 aquisições e a expectativa é de crescimento ainda maior para este ano, com mais fusões e aberturas de capital.

A chegada do meio de pagamento instantâneo Pix, do open banking e os destravamentos no setor bancário permitem novas possibilidades para as fintechs. O cenário é também de aumento da digitalização das empresas, que vão comprar mais tecnologia para fazer sua transformação digital.

A liquidez no mercado facilita a capitalização das empresas, o que pode ser vantajoso para empreendedores que estão em fase inicial de investimento. Segundo especialistas em inovação ouvidos pelo Estadão, é esperado um crescimento nos setores de saúde, educação e serviços financeiros.