SP: recorde de mortes e isolamento social baixo

Ocupação dos leitos de UTI está em 81% na região metropolitana.

O estado de São Paulo registrou o maior número de mortes em 24 horas. A alta de 12% corresponde a 224 mortes em 24h. O número de casos subiu 11%, atingindo os 24 mil. Menos de 15 dias atrás, esse número de mortos era registrado em todo o país no mesmo período. 

Os leitos destinados aos doentes de Covid-19 na rede pública também têm números elevados, não de vagas, mas de ocupação. São 62%, no caso das UTIs. Situação pior na região metropolitana: 81%

O isolamento social, no entanto, não acompanha a gravidade da situação. De ontem para hoje, foram mantidos os 48%, a média da semana passada. Está muito longe dos aceitáveis 60% e dos ideais 70%.