Soro contra covid oferece anticorpos mais potentes

O tratamento para covid-19 que utiliza um soro desenvolvido no Brasil a partir do plasma de cavalos oferece ao paciente anticorpos extras que são até 150 vezes mais potentes do que os desenvolvidos por ex-pacientes. O plasma de pessoas que tiveram a doença já é usado no tratamento da covid-19. A pesquisa foi aprovada pelo Conselho Nacional de Ética em Pesquisas (Conep) e aguarda a Anvisa autorizar os testes em humanos. Um medicamento semelhante já é aplicado na Argentina.

O soro brasileiro será testado inicialmente em 41 pacientes. Serão avaliados reações adversas, tempo de internação, redução da infecção, número de pacientes que necessitarão de intubação, mortalidade, entre outros aspectos. A soroterapia é um tratamento utilizado há décadas contra diversas doenças, como raiva, tétano, picadas de abelhas, cobras e outros animais peçonhentos, sem registro de reações adversas.