Reforço liberado nas escolas

Escolas públicas e privadas que estão em regiões na fase amarela do Plano São Paulo há 28 dias podem reabrir a partir desta terça-feira (8) para reforço escolar, tutoria e atividades esportivas. A volta às aulas presenciais continua prevista para 7 de outubro.

A reabertura na capital paulista ainda está proibida pelo prefeito Bruno Covas, baseado em estudo sorológico que mostra elevado risco de contaminação nas escolas. Mas o retorno em outubro não foi descartado pelo prefeito. Cada prefeitura que estiver na fase amarela tem autonomia para decidir se vai reabrir, cabendo aos pais a permissão final para o retorno dos filhos. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, 128 dos 645 municípios de SP vão reabrir as portas.

O volta será feita em rodízio respeitando as regras de distanciamento e segurança dos alunos e funcionários. O retorno das atividades de reforço possibilitará o uso de laboratórios de informática para auxiliar os estudantes que não têm computadores ou internet em casa, afirmou o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares.