R$ 1 bilhão sobrando para a educação

Governo decidiu que os R$ 2,662 bilhões recuperados pela Lava Jato iria para educação e preservação da Amazônia, mas dinheiro ainda não foi usado.

A Lava Jato recuperou R$ 2,662 bilhões desviados da Petrobras. O governo decidiu no início de setembro que esse dinheiro iria para educação e para a preservação da Amazônia, em ações de 7 ministérios.

O MEC ficou com R$ 1 bilhão, mas ainda não conseguiu usá-los, informa a Folha de São Paulo. A intenção do governo era destinar esse recurso a um vale-creche, para as famílias pagarem creches particulares para seus filhos. 

O plano esbarrou numa lei que impede o uso de dinheiro público em instituições de ensino infantil com fins lucrativos. Os Realistas acham a ideia boa. Mas, ou o Congresso muda a lei rapidamente, ou o MEC precisa encontrar uma saída.