Perda do ‘medo’ da pandemia aumenta a contaminação

O número de pessoas sem máscara e aglomeradas durante a madrugada nas portas dos bares e nas baladas de São Paulo só aumenta. Ao mesmo tempo, a quantidade de pessoas hospitalizadas cresceu 33,96% entre 1 e 23 de novembro, segundo a Secretaria Municipal da Saúde.

A Prefeitura de São Paulo afirmou fiscalizar os estabelecimentos que ultrapassam o horário permitido. Desde o início da quarentena, 1.284 estabelecimentos já foram interditados, a grande maioria composta por bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias. Segundo a prefeitura, cada comércio pagou multa de R$ 9.231,65.

As aglomerações estão por toda parte. E com isso a pandemia volta a bater recordes de contágios. Nas últimas 24 horas, foram registradas mais de 12 mil mortes de covid-19 no mundo.