Paraná informatiza serviços da educação

Secretaria de Educação do Paraná introduziu ferramentas digitais para ajudar no ensino, mas sistema deveria ser usado para controlar faltas dos professores.

A Secretaria de Educação do Paraná introduziu no ano passado uma série de ferramentas digitais para ajudar no ensino. Agora as matrículas podem ser feitas pela internet, os pais podem acompanhar pelo celular a frequência nas aulas e as notas dos filhos, e os professores têm um aplicativo para o planejamento de suas atividades.

45% das matrículas já foram feitas pela internet no fim do ano passado. 

O sistema permite também que a rede de assistência social do Estado seja informada quando um aluno abandonou a escola. 

Tudo isso é muito saudável. Mas seria bom também que pais e gestores pudessem monitorar as faltas dos professores – uma das causas da má qualidade e um dos aspectos da má gestão do ensino no Brasil.