Pandemia se agrava

Depois de se aproximar de uma estabilização, o número de casos e óbitos pela covid-19 voltou a crescer no Brasil. Com exceção da região Norte, o país registrou aumento no número de infectados na última semana, marcada pelo relaxamento da quarentena em diversos estados e municípios.

São Paulo foi um desses estados e amargou um novo recorde. Nesta quarta-feira (24), registrou mais de 9.000 casos. Apesar disso, o governo paulista segue com o plano de relaxamento do isolamento social e prevê reabrir as escolas em setembro.

Diante dos casos crescentes e da interiorização da doença, o Ministério da Saúde afirmou que pretende ampliar os critérios de diagnóstico testando 22% da população. Agora a testagem será feita também em casos leves. Além disso, o médico poderá diagnosticar um doente sem que o teste seja feito, levando em conta histórico do paciente e exames de imagem.