Linhagens diferentes em Hong Kong

A reinfecção causada por linhagens diferentes do novo coronavírus relatado pelos cientistas de Hong Kong sugere que o Sars-CoV-2 pode continuar circulando entre os humanos após a imunidade coletiva. Estudos mais aprofundados em casos semelhantes a esse podem ajudar na elaboração de uma vacina mais eficaz.

Os cientistas destacam que o vírus da primeira infecção era semelhante a amostras colhidas entre a população nos meses de março e abril deste ano, enquanto da segunda infecção eram parecidos com as amostras coletadas entre julho e agosto. 

Para Natália Pasternak, microbiologista e presidente do Instituto Questão de Ciência, maiores conclusões só serão possíveis após estudo mais aprofundado. Uma resposta assintomática na segunda infecção pode significar que as células T não consigam impedir a transmissão do vírus, mas pode bloquear os sintomas da doença tornando-a mais parecida com um resfriado comum.