Liberdade de expressão ou discurso de ódio?

As redes sociais criaram um espaço fantástico de troca de conhecimento e de expressão pessoal. O ganho para a humanidade, na difusão da informação e na democratização das manifestações coletivas e individuais, é gigantesco.

Mas existe um problema. Muitas pessoas, incluindo governantes e líderes políticos, estão confundindo liberdade de expressão com discurso de ódio, difamações e toda sorte de mentiras.

Não podemos esquecer que o direito individual termina onde começa o direito dos outros. Não temos o direito de mentir a respeito de outras pessoas e dos fatos. Atacar a reputação de uma pessoa sem provas continua sendo crime. As redes sociais não mudam esse princípio do convívio civilizado.