Ipea aponta melhoria na economia

O Ipea revisou a previsão de queda no PIB de 6% para 5% neste ano. A estimativa para agosto é de crescimento para indústria (6,1%), serviços (7,6%), varejo ampliado (7,5%) e varejo restrito (5,6%). E para 2021 as projeções se mantiveram otimistas: crescimento de 3,6% do PIB.

O grau de ociosidade na economia teve um salto de 4,2% nos três primeiros meses do ano para inéditos 13,9% no terceiro trimestre. A previsão da inflação aumentou de 1,8% para 2,3% por causa dos produtos alimentícios. Educação e demais serviços terão reajustes menores nos preços. Para 2021, a inflação prevista é de 3,3%.