Google lança página sobre desinformação

O Google lançou nesta quinta-feira (7) um site para explicar como a plataforma lida com a desinformação. A página tenta responder a cinco mitos sobre transparência das plataformas e relação de seu algoritmo de busca com sites de fake news.

Embora defenda que pode identificar e remover toda a desinformação da internet, o Google afirma que não tem como avaliar a veracidade e a intenção dos criadores. Sobre a desinformação que é financiada com publicidade digital, o Google afirmou que encerrou 1,2 milhão de contas em 2019 e removeu anúncios de mais de 21 milhões de páginas. 

Empresas como o Google, Facebook, Whatsapp e Twitter estão no centro da discussão sobre fake news. É preciso que essas empresas assumam sua responsabilidade e encontrem soluções para acabar com a desinformação. Se não o fizerem, os governos vão intervir. E será pior.