Facebook bloqueia bolsonaristas mundialmente 

O Facebook bloqueou mundialmente perfis de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, neste no sábado (1), após o ministro do STF Alexandre de Moraes multar a empresa em R$ 1,9 milhão. O ministro considerou que a suspensão ordenada em maio teria sido cumprida apenas parcialmente.

Moraes também intimou Conrado Lester, presidente do Facebook no Brasil, e adicionou multas de 100 mil reais por dia caso a empresa não bloqueasse as contas globalmente. As ações fazem parte do inquérito das fake news, que investiga notícias falsas, discursos de ódio, ameaças e injúrias contra os membros do tribunal e seus familiares. 

O inquérito é criticado por ter sido criado pelo próprio Supremo, e não a pedido do Ministério Público Federal. O Facebook continua defendendo a liberdade de expressão e questionando o alcance das decisões fora das fronteiras nacionais. Nesse cabo de guerra, por enquanto, quem está vencendo é o Supremo.