Ensino médio não atinge a meta do Ideb

Apenas Goiás atingiu a meta estabelecida para 2019 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgada na terça-feira (15). Na comparação com 2017, a média nacional subiu de 3,8 pontos para 4,2, mas ficou distante da meta de 5 pontos.

O MEC quer atingir 6 pontos até 2022, uma nota padrão dos países desenvolvidos. Mas as projeções mostram que só Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul estão perto de alcançar esse objetivo. Em São Paulo, o ensino médio ficou com nota 4,6, ante objetivo de 5,2.

Nos anos iniciais do ensino fundamental (do 1º ao 5° ano), a nota nacional passou de 5,8 para 5,9 em 2019, ultrapassando a meta em 0,2 ponto. A rede privada atingiu 7,1 pontos, e não alcançou a meta de 7,4. Nos anos finais (do 6º ao 9º ano), houve avanço para 4,9, mas o país não atingiu a meta de 5,2 pontos.