A nova política dos remendos parlamentares

Tradicionalmente, o governo distribui as emendas parlamentares em troca de apoio para suas propostas no Congresso. O governo Bolsonaro também fez isso, para aprovar a reforma da Previdência, por exemplo. Mas o governo está tão sem dinheiro para investimentos, que[...] Leia mais →

Precisamos sair dessa armadilha

Os gastos públicos explodiram no Brasil. Isso é resultado de muitos anos de compromissos errados assumidos pelo Estado. Com habilidade podemos sair dessa armadilha: . Precisamos mudar as regras da Previdência, que está cheia de benefícios que não podem ser[...] Leia mais →

Gastar ou não gastar, eis a questão

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro suplica por um desaperto no orçamento ainda neste ano, o ministro Paulo Guedes (Economia) bate o pé e garante que não haverá medida de curto prazo para desafogar as contas do governo. Ele explica: “Foram[...] Leia mais →

Educação financeira pode render juros menores

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, voltou a afirmar que promover a educação financeira da população é fundamental. Para melhorar a nota de crédito de quem ganha menos e dos menos escolarizados, o BC estuda criar uma espécie[...] Leia mais →

Teto Conversível

Bolsonaro sinaliza agora que não vai mexer no teto de gastos. A notícia é boa, mas se tivesse dito isso ontem teria sido muito melhor. Leia mais →

Contra o Movimento dos Sem-Teto

O Editorial do Estadão comenta hoje o teto dos gastos. “Seria um erro mudar a regra do teto de gastos, disse o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e ele está certo. Cuidar da despesa é muito mais importante, mais produtivo[...] Leia mais →

Pelo poder de demitir

A Folha informa que a reforma administrativa que será apresentada pelo governo prevê o fim da estabilidade para a maioria dos servidores públicos, redução das carreiras e salários compatíveis com o setor privado. Hoje é quase impossível demitir um servidor[...] Leia mais →