Apertem os cintos que a economia ruiu

Segundo o IBGE, o PIB brasileiro retraiu 1,5% no primeiro trimestre de 2020. Ninguém esperava um número tão ruim. O Monitor do PIB, calculado pelo Ibre/FGV, esperava uma queda de 1%. A culpa é da pandemia, é claro,[...] Leia mais →

Otimismo

Bolsas da Ásia fecharam em alta. No Japão, o Nikkei fechou em + 2,55%. Na Europa as bolsas sobem cerca de 1%. Os futuros dos EUA estão em alta de 2%. O petróleo Brent está  sendo negociado a[...] Leia mais →

Combinou com os russos?

Para tentar aumentar o isolamento social, que só passa de 50% aos domingos, o governo do estado de São Paulo e a prefeitura da capital fizeram um movimento engenhoso. Anteciparam os feriados de Corpus Christi (20/05), Consciência Negra[...] Leia mais →

Mercados otimistas

As bolsas começaram a semana com forte otimismo. Na Europa sobem entre 3% e 4%. Nos EUA o índice Dow Jones opera em alta de 3,15%. No Brasil, o Ibovespa está em 80.231 pontos, subindo 3,45% Leia mais →

Estados assaltam o Brasil

Servidores estaduais recebem reajustes enquanto projeto que veta isso espera sanção de Bolsonaro
Alguns estados estão aproveitando a demora do presidente Bolsonaro em sancionar o projeto que os impede de aumentar os salários dos servidores para fazer exatamente isso. Distrito Federal, Mato Grosso e Paraíba aprovaram reajustes e gratificações, e projetos[...] Leia mais →

Por que paramos nos R$ 600

O presidente Jair Bolsonaro, ao lado de Paulo Guedes e outros auxiliares, fez um apelo nessa quinta-feira, em teleconferência com 500 empresários, para que eles pressionem os governadores, em especial João Doria, a reabrir a economia. Leia mais →

Nem os hospitais estão lucrando

Em meio a uma pandemia, com os leitos e UTIs com alta ocupação por causa da Covid-19, é de se imaginar que o faturamento da rede de saúde particular esteja batendo recordes. Mas não é o que está[...] Leia mais →

Aqui se faz, aqui se paga

O fundo soberano da Noruega, o maior do mundo com cerca de US$ 1 trilhão vindos do lucro com a exploração do petróleo, acaba de excluir duas empresas brasileiras de sua carteira de investimentos, as gigantes Vale e[...] Leia mais →

Azevêdo deixa OMC. Salve-se quem puder

EUA esvaziaram o comércio mundial baseado em regras, que eles haviam liderado.
O diplomata brasileiro Roberto Azevêdo anunciou nesta quinta-feira sua renúncia do cargo de diretor-geral da OMC (Organização Mundial do Comércio). Ele desistiu de nadar contra a corrente: os Estados Unidos tornaram inviável o funcionamento do organismo. Leia mais →