Desemprego cresce

A taxa de desemprego cresceu para 13,1% na última semana de junho com o fechamento de 1,5 milhão de postos de trabalho. Este é o maior valor desde o início de maio, quando o IBGE começou a divulgar a Pnad Covid-19.

Estão em busca de uma ocupação 12,4 milhões de brasileiros. O aumento de 2,6 milhões de desempregados é resultado tanto da queda da população ocupada quanto do aumento do número de pessoas que voltaram a procurar emprego.

O IBGE identificou que 82,5 milhões de brasileiros estavam trabalhando na última semana de junho, ante 84 milhões na semana anterior. A queda no número de ocupados superou um milhão de pessoas mesmo com a reabertura de lojas e serviços nas grandes cidades.