Crédito para pequenas e microempresas 

Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Itaú Unibanco já liberaram R$ 12,9 bilhões em créditos para micro e pequenas empresas. O valor corresponde a quase 82% dos R$ 15,9 bilhões previstos pelo Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), criado pelo Congresso, com apoio do Executivo, para socorrer os negócios no enfrentamento da crise do novo coronavírus.

Em menos de meia hora, o Itaú Unibanco disponibilizou R$ 3,7 bilhões a 37 mil clientes na segunda-feira (13). A Caixa Econômica Federal informou, também na segunda-feira, que teve contratados R$ 4,2 bilhões, mas já adiantou que recebeu autorização do Ministério da Economia para ampliar o limite de empréstimos para até R$ 5,9 bilhões. O BB já emprestou outros R$ 5 bilhões. 

O Senado quer destinar mais R$ 20 bilhões para o Pronampe, A proposta deve ser incluída por meio de emenda na medida provisória 975. Se aprovada pelos senadores, o texto volta para nova votação na Câmara antes de ir para a sanção presidencial. A alta demanda sinaliza que, mesmo em um cenário de incertezas, os pequenos e médios empresários estão lutando para preservar seus negócios.