Coronavac tem eficácia de 78%

A Coronavac, vacina da chinesa Sinovac a ser produzida pelo Instituto Butantan, alcançou eficácia de 78% na prevenção de casos leves da doença nos estudos finais realizados no Brasil. E o mais importante, nos casos moderados, graves e mortes a eficácia foi de 100%. Nenhum dos infectados que tomaram a vacina precisaram de internação.

O Instituto Butantan apresentou os dados à Anvisa nesta quinta-feira (7) e já deu entrada ao pedido de registro emergencial para o imunizante. São Paulo comprará cada dose da Coronavac por quase R$ 55, metade do preço da Pfizer.