Convenção democrata oficializa Biden e Harris

A convenção nacional do partido Democrata nos EUA atraiu 18,7 milhões de pessoas na noite de segunda-feira (17). Realizada virtualmente, a convenção é o pontapé inicial para a campanha presidencial de Joe Biden e Kamala Harris.

Michelle Obama apresentou Biden como o homem que está preparado para resgatar a economia e combater a pandemia. Ela destacou a violência e o ódio que marcam o país, em contraste com os EUA deixados pelo ex-presidente Barack Obama. O senador Bernie Sanders, que concorreu pela indicação, afirmou que o autoritarismo do atual presidente é uma ameaça à democracia.

O ex-presidente Bill Clinton disse em vídeo que Trump não assume suas responsabilidades deixando a taxa de desemprego triplicar em seis meses. Jill Biden, esposa de Biden, defendeu a coragem, o amor e a compreensão como base para a reconstrução de uma nação. Nesta quarta-feira, haverá a participação de Obama. A convenção encerra na quinta-feira (20) com o discurso de Joe Biden como candidato de oposição dos EUA.