Chegamos à Imunidade coletiva?

Epidemiologistas sugerem que muito mais pessoas podem ter pego o novo coronavírus mesmo testando negativo nos exames. Isso significa que a imunidade coletiva necessária para conter a disseminação da doença já pode ter sido alcançada em alguns locais que apresentam quedas nas mortes e infecções da covid-19.

São Paulo, Rio, Manaus e Recife, capitais mais afetadas inicialmente, retomaram suas atividades e mantêm queda sustentada no número de mortes e infecções. O mesmo aconteceu com todas as regiões da Europa e alguns estados americanos. Mas o Brasil e os Estados Unidos mantêm a trajetória em patamar alto por estar havendo contágio em outras localidades, como as regiões interioranas.

De acordo com especialistas ouvidos pelo jornal Folha de S.Paulo, o Sars-CoV-2 pode estar sendo combatido em nosso organismo por meio dos linfócitos B, que produzem anticorpos, ou pelos linfócitos T, que não produzem anticorpos mas combatem o vírus eliminando células infectadas. O problema é que a quase totalidade dos testes não detecta linfócitos T. Uma parte da população pode estar imune à covid-19 sem que saibamos.