Capitais focam na retomada com geração de emprego

Nos primeiros dias de gestão, os prefeitos de várias capitais focaram na retomada econômica e anunciaram ações para a diminuição de impostos, qualificação profissional, desburocratização, oferta de créditos populares e investimentos públicos em obras. O fim do auxílio emergencial será um desafio para os prefeitos.

Florianópolis foca na capacitação profissional com o Floripa Mais Emprego. Recife investe em programa de crédito popular e na criação da agência de fomento Invest in Recife. Porto Alegre aposta na reabertura de segmentos econômicos. Curitiba anunciou aporte de R$ 1 bilhão em obras públicas com geração de 85 mil empregos. Salvador aposta em parcerias público-privadas, atração de empresas de tecnologia e obras da prefeitura.