Brasil testa só quem tem sintomas. Isso precisa mudar!

O coronavírus se espalha silenciosamente. Oito em cada dez pessoas infectadas não têm sintomas. Testar a população é decisivo para evitar hospitais lotados e mortes.

Mas o Brasil testa muito pouco. Para medir isso, os especialistas olham o índice de testes positivos. Se é alto, quer dizer que está testando só quem tem sintomas, deixando de detectar a maioria dos infectados.

No Brasil, 22,7% dos testes dão positivo. Na Nova Zelândia, esse índice é 0,1%. Lá, só 25 pessoas morreram de Covid-19. Na Índia, o índice é de 1,7%. No Reino Unido, 3,2%. Depois de muitas críticas, hoje há mais testes nos Estados Unidos. Mas o índice ainda é alto: 9,7% de positivos.

No Brasil, o protocolo é testar apenas quem tem sintomas. Isso precisa mudar.