Brás tem a 2ª maior taxa de mortes de SP

O Brás, na capital paulista, possui a 2ª maior taxa de mortes por covid-19 com 267 óbitos por 100 mil habitantes. Belém, distrito vizinho, lidera com 271 mortes segundo levantamento do G1 com dados da Secretaria Municipal da Saúde. Os dois bairros têm enfrentado aglomerações diárias de pessoas sem máscara por causa do comércio de fim do ano.

A média móvel diária na capital paulista registrou 38 mortes nos últimos 7 dias. O valor é 31% maior do que o registrado há 14 dias, confirmando a tendência de alta. De acordo com uma pesquisa do Inquérito Sorológico, o número de pessoas que confirmou não estar se protegendo vem aumentando, principalmente entre os jovens. Entre as pessoas que testaram positivo, 35,3% eram assintomáticas. 

No Brás, conhecido nacionalmente pelo comércio de rua e pelas lojas populares, lojistas de fora de São Paulo chegam em ônibus lotados todas as manhãs. Epidemiologistas afirmam que essas pessoas podem ser vetores da transmissão da doença para outras regiões.