Bolsas batem recordes em 2020

As Bolsas de Valores estão conseguindo recuperar perdas do ano passado. Nos EUA, a Nasdaq surpreendeu com alta de 42% e o índice S&P 500, com 15% no ano. O índice FTSE 100 no Reino Unido teve alta nos últimos meses, mas ficou 14% abaixo do início do ano. Já o Ibovespa, fechou o ano em alta de 3%.

A liquidez injetada pelos bancos centrais buscam manter o custo dos empréstimos baixo e impulsionam a avaliação de ativos financeiros. O Fed americano já comprou mais de US$ 3 trilhões (R$ 16 trilhões) em ativos. O Banco da Inglaterra comprará 895 bilhões de libras (R$ 6,5 trilhões) em títulos públicos e corporativos. 

Os investidores apostam que as vacinas trarão de volta as vendas e o crescimento das economias. Durante a pandemia, pensionistas, gestores de recursos e até especuladores continuaram comprando participações em fundos de investimentos, o que acabou por valorizar os preços das ações das empresas listadas nas bolsas.