Banco Mundial diminui previsão de queda do PIB

O Banco Mundial diminuiu para 5,4% a previsão de queda do PIB do Brasil em 2020 e melhorou a perspectiva para 2021, com alta de 3%. Em junho, o órgão previa uma queda maior da economia brasileira, de 8%, e alta para o ano que vem de 2,2%.

A América Latina e o Caribe são as regiões mais atingidas pela pandemia. Segundo o relatório “O Custo de se Manter Saudável”, divulgado nesta sexta-feira (9), a previsão é de um tombo de 7,9% no PIB entre os 28 países dessas regiões. Mas o impacto poderia ser atenuado com a ajuda dos pacotes de estímulo oficiais.

A melhoria nas previsões sobre o Brasil está inserida nesse contexto. O auxílio emergencial, favorecido pelo cadastro do Bolsa Família, chegou a uma grande parcela da população. Mas o banco alerta que os governos precisam, assim que possível, retomar o caminho da consolidação fiscal.