Aulas presenciais em SP programadas para julho

Índices de isolamento social continuam baixos e região metropolitana de São Paulo pode permanecer em quarentena.

As aulas presenciais na rede estadual paulista estão programadas para retornar em julho, mesmo assim, será gradual, com de medidas de segurança e higiene. Haverá um rodízio de estudantes, segundo a secretaria de Educação. Na próxima segunda-feira (27) terão início  as aulas online.

Hoje o governador João Doria falou da sugestão feita ao comércio de transferir o dia das mães para o fim de agosto. “Não podemos ter confraternizações agora”.

Os índices insatisfatórios de isolamento social foi outro ponto destacado por Doria. Pelo segundo dia consecutivo ele foi de 48% na região metropolitana, área onde está o maior número de infectados por coronavírus no estado de São Paulo.

O governo do estado tem destacado diariamente cidades que têm bons índices de isolamento social. O estado tem 645 municípios, somente 20 têm resultados satisfatórios. Com esses números, São Paulo está longe de ver a retração do coronavírus. Com índice abaixo de 50% a capital e o entorno podem ter que permanecer mais tempo no atual formato de quarentena, alertou Doria.