Anatel libera app de streaming

A Anatel decidiu na quarta-feira (9) que não pode impedir o avanço dos aplicativos de TV e streaming e liberou o mercado para gigantes como a Disney, que aguardava o aval para lançar conteúdos no Brasil.

A decisão ameaça operadoras de TV por assinatura, que vinham pressionando o Congresso para barrar o avanço dos aplicativos por meio da alteração da Lei da TV Paga. Há dois anos, a operadora Claro já havia entrado com uma reclamação contra a Fox, pedindo que a agência obrigasse o canal a contratar uma tele.

Para a Anatel, o streaming não pode ser confundido com a prestação do serviço de TV paga. Na prática, a decisão vai ampliar as opções de serviços e canais para os usuários, aumentando a concorrência e acabando com o monopólio das operadores de TV a cabo.