Anatel exige alta qualidade para o 5G 

Apesar das críticas das empresas de telefonia, o relator do edital de licitação do 5G na Anatel, Carlos Baigorri, afirmou que não mudará a lista de exigências para as vencedoras. A proposta determina que as empresas devem construir uma rede nacional de comunicação para o governo e mais 13 mil quilômetros de redes em fibra óptica de alta velocidade para conectar os municípios do Norte.

A construção de redes totalmente novas para uso exclusivo da nova tecnologia exigirá altos investimentos das companhias. Para o relator, as redes precisam estar no padrão proposto para garantir a qualidade do serviço oferecido pela internet das coisas e para proporcionar iguais condições de competitividade na entrada de novos concorrentes no mercado.

Tags: