Alunos das favelas estão sem estudar

Mais da metade (55%) dos estudantes que moram em favelas está sem estudar, segundo levantamento do DataFavela, que ouviu 3.585 alunos, universitários e pais de estudantes de todo o país. Uma parte (34%) não tem acesso à internet e a outra (21%) não recebe as atividades da escola ou faculdade.

Segundo O Globo, os principais motivos que afastam os estudantes de comunidades do ensino à distância são a falta de um local sem barulho e adequado para o estudo, a má conexão com a internet, a falta de um dispositivo adequado e a distância dos professores.

A maioria (75%) dos pais e mães tem medo da possibilidade de seus filhos perderem o ano, 47% dos estudantes temem querer desistir da escola por não conseguirem acompanhar as aulas remotas, 71% dos pais sentem insegurança na volta das aulas presenciais e 90% acreditam que as escolas não estão preparadas para um retorno seguro.