Alíquota zero para importar arroz

Para aumentar a oferta e segurar os preços do arroz, a Câmara de Comércio Exterior (Camex), do Ministério da Economia, reduziu a zero a alíquota de importação até o fim do ano. A redução está restrita a uma cota de 400 mil toneladas de arroz.

A alíquota de importação para países fora do Mercosul é de 10% para arroz com casca e de 12% para o beneficiado. Para Argentina, Uruguai e Paraguai, a tarifa é zero. O Brasil importou 417,4 mil toneladas e exportou 1,2 milhão de toneladas de arroz de janeiro a agosto, segundo o Ministério da Agricultura.

O IBGE divulgou na quarta-feira (9) a inflação de agosto, que ficou em 0,24%. Mas os destaques negativos foram o arroz, com alta de 19,2% em 2020, e o óleo de soja, com 18,6%, dois produtos que não podem faltar na cozinha. No ano, o IPCA já acumula 2,44% de alta, sendo que a inflação dos alimentos subiu 8,83%.