1 milhão de infectados

Nesta sexta-feira (19), o Brasil ultrapassou a marca de 1 milhão de infectados pelo novo coronavírus. Mais exatamente 1.009.699 contaminações e 48.427 mortes desde o primeiro caso, contabilizados desde 26 de fevereiro, segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa.

A epidemia já chegou a 85% dos municípios do País, onde vivem 98% da população, de acordo com levantamento do projeto de transparência de dados Brasil.io.  Na prática, todos estão em risco de exposição ao vírus, cuja propagação se acelera mais rapidamente agora pelo interior do que nas capitais.

Efeito do relaxamento prematuro, ao que tudo indica. E da falsa sensação de segurança pelo baixo número de casos que havia fora das capitais. Mas isso está mudando e os números crescendo. É preciso que governadores e prefeitos não cedam à nenhum tipo de pressão e sigam usando parâmetros científicos para tomar as decisões. Do governo federal é bom não esperar nada. As soluções terão que ser locais.